Blog Instituto Mood

Tecnologias e performance humana

Tecnologias e performance humana

Dia após dia nos deparamos com uma nova tecnologia que, pouco tempo depois, acaba fazendo parte de nossas vidas. Assim, muitas vezes assustados com a velocidade do crescimento desse setor, mal percebemos o quando isso atinge diretamente nossa maneira de viver.

O surgimento dos celulares, fones sem fio e geladeiras conectadas à internet, nem de longe podem ser comparados à atual revolução que os gadgets relacionados à saúde e performance estão criando em nossas vidas.

Enquanto há 30 anos precisávamos de 2 minutos para medir a nossa temperatura corporal, atualmente, um “simples” anel mágico (OURA RING) monitora nosso sono, temperatura corporal durante 24 horas, nível de estresse ou relaxamento até a oxigenação do nosso sangue.  

Um relógio que na origem de sua concepção era destinado à informar as horas do dia, atualmente pode controlar sua carga de atividades físicas durante o dia, estratificar seu risco em desenvolver obesidade ou outras patologias associadas ao sedentarismo e inclusive realizar um exame cardiológico completo, podendo até comunicar ao serviço de atendimento em urgência caso o seu coração ao longo do dia apresente alguma alteração digna de internação emergencial.

Hoje, sua vida pode ser salva por um “simples relógio”, que por tanto tempo teve como sua função primária apenas nos informar as horas.

Quando direcionamos nosso foco para a performance física, é importante compreender que o resultado ocorrerá em parte pelo que é realizado durante os treinamentos e em parte pelo que é feito ao longo de todo o resto do dia.

Essas tecnologias quando aplicadas à prática esportiva nos fornecem dados precisos sobre o que está sendo realizado, seja a frequência cardíaca, força, etc, mas sobretudo nos mantém informados à distância e com uma densidade de informações nunca antes vista. Isso impacta muito nas decisões a serem adotadas pelos treinadores durante as sessões de treinamento.

Por outro lado, todo aquele período em que o indivíduo não estava mais sob o controle restrito do treinador ou seja, durante 20h do dia, agora podem ser monitorados e as informações serão utilizadas como ferramentas para medir a recuperação, estado de descanso e base fundamental para a prescrição do próximo treinamento.

O acesso a esse tipo de tecnologia já não é mais um limitador dentro do mercado atual. Devido à enorme variedade de equipamentos utilizados, poderíamos dizer que seu custo é acessível assim como sua disponibilidade no mercado.

E então, qual a limitação atual? A interpretação e utilização dos dados.

Tudo isso é muito novo, e o mercado que produz os equipamentos cresce em uma velocidade maior que o mercado da ciência, que valida e funcionaliza todas essas geringonças.

Enquanto nos preocupávamos com o acesso às novas tecnologias, elas cresceram e hoje nossa preocupação deve estar em como utilizar essas tecnologias para performance em nosso serviço.

Pequenos ajustes em nossos hábitos podem mudar por completo o nosso perfil de saúde e performance. Acredite na tecnologia, você pode ser ainda melhor com ela. 

Mais de Instituto Mood

Hérnia de disco

Nos tempos atuais, as dores lombares assumem um papel muito comum na vida das pessoas, independente de idade, gênero, tipo de trabalho ou classe social.            A coluna... Ler mais

Cirurgia de prótese de quadril

Informe, dilua as dúvidas e desmistifique o “medo” da cirurgia de prótese de quadril. No mundo, mais de 1 milhão de cirurgias de prótese de quadril são realizadas por ano, sendo... Ler mais

Saúde na terceira idade

“Idoso é o jovem que deu certo.” A frase, que talvez você já tenha ouvido, mostra que a saúde na terceira idade é a derivação de como sua saúde foi cuidada ao longo da vida.... Ler mais

Conheça nossos diferenciais de perto e sinta como o Instituto Mood pode ajudar você a alcançar seus objetivos

Agente uma visita