Treinamento Físico

Deep Water Runing

O Deep Water Running foi criado no final da década de 70 por David Brennan (técnico da seleção norte americana de atletismo) nos EUA, por uma demanda específica, a saber:

Deep Water Runing

Os atletas quando estavam na iminência das competições, tinham uma elevada incidência de lesões. Dentre as lesões, as mais importantes acometiam os pés, as pernas e os joelhos. Dessa forma, o exercício no meio líquido foi utilizado como forma de reabilitação. A principal característica dessa corrida em piscina funda é a presença de um baixo impacto sobre as articulações.

O Deep Water Running consiste de uma corrida simulada em uma piscina em que não seja possível tocar no fundo com os pés e utiliza um dispositivo flutuador. A composição do movimento no Deep Water Running deve ser a mais semelhante possível à técnica da corrida terrestre, embora haja modificação no padrão cinemático no meio líquido. A técnica, além de ser utilizada na reabilitação, pode favorecer no condicionamento físico e na melhora da performance.

A técnica deve ser utilizada principalmente por indivíduo com contraindicação e/ou limitação para realizar atividades em solo ou com impacto; o que inclui o tratamento de dor crônica mediante numerosas doenças e para o tratamento do pós-operatório tardio de coluna, quadril e joelho.

Benefícios do Deep Water Running

  • Aprimorar o gasto calórico.
  • Aprimorar o fortalecimento global do corpo.
  • Fornecer a sensação de aquacidade e bem-estar durante o exercício físico
  • Otimizar a recuperação em casos de lesões ou pós-operatório.
  • Otimizar a frequência cardíaca em 10% se comparado ao exercício em solo.
  • Promover a socialização por viabilizar a realização de sessão com até quatro indivíduos simultaneamente e sem alterar a atuação personalizada da técnica

Conheça nossos diferenciais de perto e sinta como o Instituto Mood pode ajudar você a alcançar seus objetivos

Agente uma visita