Blog Instituto Mood

Consciência corporal: consciência de si

Consciência corporal: consciência de si

“Mas meu corpo não responde, meu corpo não quer”

“Minha mente já entendeu, mas meu corpo não”

“Hoje eu não estou com cabeça”

“Eu não sou muito do corpo”

Essas são falas que escutamos em muitos momentos do nosso cotidiano. E muitas vezes somos nós quem falamos frases parecidas com essas, quase como se fosse possível separar a mente do corpo, o corpo da mente, o pensamento do movimento ou o movimento do pensamento.

Compreender e praticar movimento é um caminho para uma boa saúde. Como já dizia o genial criador, cientista e estudioso do movimento Joseph Pilates: “De modo geral, quanto menos uma pessoa falar sobre saúde, melhor para sua saúde. Ela não se constitui apenas de uma condição normal, e é nosso dever atingi-la e mantê-la”. Pilates, que dedicou sua vida aos estudos científicos, experimentações e pesquisas dos distúrbios que perturbam o equilíbrio entre corpo e mente, pensava em nossa saúde como algo que devesse ser uma condição normal e natural ao indivíduo.

Mas afinal? Como alcançar o equilíbrio entre as especificidades de corpo e mente?

A partir do entendimento de que corpo e mente não estão separados, a ideia de refino da nossa consciência corporal começa a ganhar mais nitidez para nós, principalmente durante as práticas de atividades físicas e no processo de escolha que fazemos para alcançar objetivos e metas para uma melhor saúde e qualidade de vida! 

A autora Débora Bonsanello, que escreveu o livro “A Educação Somática e o contemporâneo profissional da dança” conta uma série de possibilidades dentro do campo somático do movimento no seguinte trecho:

“Alguns dos métodos de Educação Somática são criados muito antes da efervescência rebelde dos anos 1960, porém é a partir dessa época que essas abordagens começam a se distinguir das abordagens de origem oriental, como a yoga, a meditação, o tai chi e as várias escolas de artes marciais. Bartenieff, Antiginástica, Técnica Alexander, Ideokinesis, Feldenkrais, Eutonia, Ginástica Holística, Cadeias musculares e articulares G.D.S., Body-Mind Centering, Ginástica Sensorial, Continuum, Somaritmos, Pilates, Gyrotonic: cada um desses métodos de Educação Somática tem sua própria história, princípios, técnicas preconizadas por um idealizador e desenvolvidas por seus colaboradores, discípulos e assistentes, revolucionando a maneira de se viver o corpo no ocidente.”(p. 02)

Além de exemplo de abordagens, nessa reflexão da autora, podemos perceber que de tempos em tempos e ciclo após ciclo, as questões que envolvem o movimento e a consciência corporal vem à tona e tomam forma através de técnicas, métodos e sistemas, comprovando que a famosa e tão desejada melhora na qualidade de vida apresenta-se interligada ao investimento em saúde e bem-estar. Que, por sua vez, apresenta-se relacionado aos hábitos, escolhas e à maneira como nos colocamos disponíveis para mudar nossos padrões.

Os métodos de Joseph Pilates (Contrologia) e de Juliu Horvath (GYROTONIC EXPANSION SYSTEM®) ao proporem práticas de movimento que envolvem, persistência e constância para gerarem consistência através de repetições conscientes, modificam nossos padrões corporais. Melhoram nosso entendimento estrutural do corpo e elevam nossa atitude enquanto indivíduos.

“Uma prática consciente de um método inteligente nos transforma”. Nessa frase, o maestro Fernando Sadir (referência mundial no ensino do método Pilates para professores e praticantes), resume a realidade dos resultados que podemos atingir ao investir nessa busca do equilíbrio corpo/mente. Prática. Consciência. Inteligência. Transformação.

Conhecer a nós mesmos não é algo condenável, como muitas vezes ainda é perpetuado na sociedade ocidental que cultua padrões generalizados ao invés de individualizá-los. Conhecer a nós mesmos é uma ação relacionada às permissões e escolhas que fazemos diariamente. É uma ação em que nos percebemos imersos em processos profundos de aprendizado.

É uma ação de busca.

Conhecer a nós mesmos é uma forma de alcançar, cada vez menos um corpo que está longe de nós, cada vez mais uma mente tão física quanto intelectual!

A consciência corporal é a consciência de si! 

Venha conhecer melhor seu corpo com técnicas pensadas para trabalhar sua consciência corporal, agende uma aula de Gyrotonic e/ou Pilates com nossa profissional Patrícia Aockio, que também escreveu esse texto. Te esperamos! 

Referências

– Bolsanello, D. P. – A Educação Somática e o contemporâneo profissional da dança

– Fernandes, C. – Quando o corpo é mais que a soma das partes

– Pilates, J. H. – Sua saúde

– Ramos. S. S. – Corpo e mente

Mais de Instituto Mood

Os benefícios da caminhada

Para muitos, a caminhada é essencial para a rotina. Para outros, pode ser subestimada por não parecer tão especial quanto outros exercícios físicos.  A verdade é que caminhar... Ler mais

Conheça nossos diferenciais de perto e sinta como o Instituto Mood pode ajudar você a alcançar seus objetivos

Agende uma visita