Blog Instituto Mood

Frio e dores: qual a relação?

Frio e dor

Com a chegada do inverno, é comum ouvirmos algumas frases relacionadas à dor, como por exemplo  “acho que vai chover, minhas costas doem” ou sobre as dores piorarem com a temperatura mais baixa. Essas são queixas muito comuns, mas qual o motivo delas acontecerem?

Não há dados muito claros na ciência comprovando essa questão de aumento de dor durante o clima frio. No entanto, existe um estudo realizado na Austrália que verifica essa questão, mas que ainda não possui resultados efetivos. Em contrapartida, a Universidade de Harvard investigou essa relação, percebendo pelos relatos obtidos que a maioria da população entrevistada percebia que suas dores eram mais intensas conforme as quedas de temperaturas. 

É muito comum encontrarmos pessoas que sofrem com aumento de dor no inverno, principalmente pessoas que possuem dores crônicas. O que se sabe é que os receptores térmicos presentes na nossa pele captam essa temperatura baixa e enviam essa informação para o sistema nervoso, que, por sua vez, reage para nos proteger. 

Algumas dessas reações são de contração muscular persistente (que nos mantêm “escolhidos” e tremendo, por exemplo) e contração do vasos sanguíneos, diminuindo o fluxo de sangue nas extremidades. Com isso, vem a sensação de dor e intensifica ainda mais esse estado de tensão/proteção do sistema nervoso.

E você deve estar se perguntando: o que podemos fazer para amenizar ou prevenir? A resposta exige que você mantenha seu corpo aquecido, de diversas formas: com agasalhos e em movimento, evitando longos períodos sem se mexer e lutando contra as sensações de preguiça que aparecem junto com os períodos mais gelados. 

A atividade física é uma forte aliada para combater as dores nesse período, pois diminuem as tensões musculares e essa reação de proteção do nosso sistema nervoso, além de colaborarem para o aquecimento corporal! 

Lembre-se, se sentir dores ou incômodos fora do comum, procure seu médico e fisioterapeuta. Caso você venha a sentir dores que não foram percebidas até o momento, faça uma avaliação física com um fisioterapeuta para conhecer e trabalhar seu corpo. Estamos à disposição, agende uma consulta com nossa equipe! 

 

Mais de Instituto Mood

Colágeno

O queridinho da vez é o colágeno. Substância que, com o passar dos anos, o corpo acaba perdendo aos poucos. Mas, por que é tão importante continuarmos com sua produção?  O... Ler mais

Conheça nossos diferenciais de perto e sinta como o Instituto Mood pode ajudar você a alcançar seus objetivos

Agente uma visita